De repente o rádio toca e uma canção marca para sempre um instante, aquele beijo, despedidas, um sonho que nunca se realizou, a morte.  Essa canção nos acompanha por toda a vida, compondo, como pano de fundo, nossa própria história. Assim são as canções: atuantes, parceiras, protagonistas, manchas, marcas, tatuagens.

Assim como a capsula fonocaptora (base onde se localiza a famosa agulha) tem a façanha de transformar as vibrações mecânicas em impulsos elétricos trazendo a tona não somente as músicas, mas também as mais profundas emoções de cada um, num processo contínuo de comunicação o som, a voz, a letra remexem com os mais profundos recônditos de nossa alma.

Pensando no peso e importância delas em nossas vidas, foi que surgiu a ideia desta antologia. O desafio foi lançado e doze autores contemporâneos, alguns iniciantes, outros já em larga produção, limparam as agulhas e colocaram seus corações para rodar.

Cada conto, uma canção. Cada canção, uma inspiração. Em cada história a certeza de que, caríssimo leitor, você não sairá ileso por estas apaixonantes faixas e páginas.

Boa audição e leitura.

Boa viagem!

*apresentação do livro por Luciano Portela e Willian Delarte (organizadores)

 

SERVIÇO:
Lançamento da antologia de contos “A Última Canção”
(Editora Patuá – organizadores Luciano Portela e Willian Delarte)

AUTORES:
Vera Helena Saad Rossei / Ni Brisant / Janaina Calaça / Samuel Malentacchi / Diogo Dias / Camila Passatuto / Marcia Barbieri / Heitor Nunes / Fernanda Soares / Nathalí Macedo / Luciano Portela e Willian Delarte

CANCIONEIRO:
De Chico Buarque a Belchior / de Adriana Calcanhoto a Tom Zé / de Gilberto Gil a Odair José / entre outros não brasileiros, como Procol Harum

Onde:
Livraria, bar & café Patuscada
Rua Luís Murat, 40. Vila Madalena – São Paulo/SP.

Quando:
Dia 28/04/18, das 19h às 23h.

Quanto:
A entrada é gratuita e o exemplar estará à venda ao preço de catálogo da editora

Escrito por Willian Delarte

Escritor brasileiro. Autor dos livros "Sentimento do Fim do Mundo" (poesia), "Cravos da Noite" (contos) e "O Alien da Linha Azul" (poesia). Tem publicações em diversas mídias e antologias. Foi co-editor da revista REBOSTEIO Digital.